24-03-2017 00:16:17
Mahnı sözləri

Xeg - Só Mais Uma Vez Mahnı sözləri

Do nada apareço, crimes confesso,
Assassino microfones com o poder dos meus versos,
Trago-te a qualidade que não ouves nos sucessos , pretos aplaudem o meu estilo,

Damas trincam os mamilos, e os falsos perguntam: como é que ele faz aquilo?

Tarei sempre tranquilo, e é só isso que te irrita , Xeg no mic, só visto! Porque contado ninguém acredita.

Eu não canto, eu encanto! Titular nunca no banco Com rimas mais fodidas que putas em Monsanto.

Penetrações verbais, ouvir e chorar por mais,

da frente sai , deixo a rima a quem lhe dá , é melhor apanhares o barco porque a nado não chegas lá,

cuspidor de rima, criador de obra prima, divulgador da arte divina, aprende ensina,

a aula só acaba quando a canção termina!

Portugal é a cidade , Lisboa é a rua, A rima fala a verdade E cada um vive a sua,

Fala da tua, segue o teu caminho, Xeg no mic , é só assim de fininho.

Rap ataca na tuga Anti Mcs ninjas estilo tartaruga,

Se não curtes dá de fuga! Dá voz... a essa tua rima muda!

Refrão 2x
É só mais uma vez, no mic X.E.G
Quem não sabe, é como quem não vê

Então abre os olhos e sente a minha voz

Representarei sempre nem que acabe só.

Apareço do nada, como quem não quer a cena, Rimo na descontra sem nenhum problema.

Entro na batida encaixo na carola , Xeg mais rápido que a Lurdes Metola

Velha, nova escola Desfaz e enrrola ... Bate forte como a cola,

Mais mortífero que a guerra em Angola, Pego no mic já muitos deram de sola.

500 metros de despique... Xeg fode neste beat

Não preciso de convite ,

Entro na bancada vip

Sem descanse sem limite,

Abana-me essa celulite,

Viste não viste?

Abre os olhos, rima aos molhos, Posição destaque

Putos agarrados á minha rima como se fosse craque.

Xeg-mate!!

Eu como o rei com o bispo

666 X.E.G anti-cristo... porquê??? Eu não assisto!..

Eu dito, recito, rimo e transmito

Se tás aflito,

vai á casa de banho! Com o skill que tenho

Ao 3º verso te apanho , eu gosto de rimar com a rima que detenho

eu gosto de bafar, parti-los grandes e castanhos

eu entupo, rasgo, arranho,

faço explodir o engenho

em cima do palco me mantenho ...

Refrão 2x
É só mais uma vez, no mic X.E.G
Quem não sabe, é como quem não vê

Então abre os olhos e sente a minha voz

Representarei sempre nem que acabe só.

Pego no mic e abuso, Palavras versos eu cruzo,

Deixo o publico confuso, quando os meus skills uso

O microfone aperto, Mostro o meu projecto , Toco quilometro, metro , Fico perto

De onde sempre estive. Porque quando eu improviso

Eu não decoro o estilo livre Alto calibre

Dá-se o inicio ao Clan

Independente como o Sam A terra treme... sabes quando???
Quando Xeg está no leme.
Então ouve e respeita!
Se tá torto, endireita!

Rimas e batidas é a receita
Entro na pista XEG terrorista
Lançando bombas estilo rede bombista.
Acredita que é verdade, Ouve quem sabe,
Quem representa a cidade, Quem fala a realidade, Sem maldade nem vaidade,
Rimando o que sinto Pego nas palavras e com elas brinco.
A minha universidade é diferente da tua,
Rimo desde puto em casa na escola ou na rua,
Vejo um pontapé na lua e um moinho de vento,
Breackdance de novo, Partindo o movimento, Não tenho instrumento,
Corte duplo invento , Quem tá fora do hip-hop (é errado esse procedimento)
Mas eu não comento, E não dou respostas
A criticas destrutivas , Eu viro as costas!

Refrão
É só mais uma vez, no mic X.E.G
Quem não sabe, é como quem não vê
Então abre os olhos e sente a minha voz
Representarei sempre nem que acabe só.
Oxunub: 131 defe